EXPOSIÇÃO
 
CONJURO
A JOIA COMO MEDIADORA ENTRE O MEDO E A PROTEÇÃO
Curadoria de Natália Olarte e Paula Perez
 
Inauguração
16 de setembro, quinta
12h–14h
Até 23 de setembro
Segunda a sábado 14h–17h
 
 
 
«CONJURO — A JOIA COMO MEDIADORA ENTRE O MEDO E A PROTEÇÃO» é uma exposição que reúne o resultado do trabalho de treze artistas da Colômbia – Tatiana Apráez, Camilla Laorni, Simón Mazuera, Catalina Moncada, Alexander Niño, Natalia Olarte, Paola Pérez, Daniel Ramos, Andrés Rodríguez, Alexander Romero, Linda Sánchez, Eulalia De Valdenebro e Nicole Tenorio –, convidados a refletir sobre o corpo, o medo e a proteção, criando um feitiço através de uma joia, respondendo a uma série de perguntas, diretrizes e práticas propostas por Natalia Olarte e Paola Pérez, curadoras e participantes da exposição. Os artistas caracterizam-se pela qualidade do seu trabalho artístico e pela gestão de projetos e iniciativas que contribuíram para a divulgação da joalharia contemporânea na Colômbia. Para ampliar as perspetivas conta-se com a participação de uma bailarina e de uma artista plástica, também reconhecidas pelo seu trabalho, que fazem parte e enriquecem o diálogo desta exposição.