Logótipo © Galeria Alice Floriano. Cortesia Alice Floriano.
Logótipo © Galeria Alice Floriano. Cortesia Alice Floriano.
Alice Floriano. Fotografia: Gustavo Vargas. Cortesia Galeria Alice Floriano.
Alice Floriano. Fotografia: Gustavo Vargas. Cortesia Galeria Alice Floriano.
Galeria Alice Floriano. Fotografia: Beta Iribarrem. Cortesia Galeria Alice Floriano.
Galeria Alice Floriano. Fotografia: Beta Iribarrem. Cortesia Galeria Alice Floriano.
Galerie Beyond: Logótipo. Cortesia Galerie Beyond.
Galerie Beyond: Logótipo. Cortesia Galerie Beyond.
Galerie Beyond: Vista geral da Galeria. Foto e cortesia Galerie Beyond.
Galerie Beyond: Vista geral da Galeria. Foto e cortesia Galerie Beyond.
Galerie Beyond: Karin De Buysere, René Darmont e vista geral da Galeria. Foto e cortesia Galerie Beyond.
Galerie Beyond: Karin De Buysere, René Darmont e vista geral da Galeria. Foto e cortesia Galerie Beyond.
Logótipo © Galerie Door. Cortesia Galeria Door.
Logótipo © Galerie Door. Cortesia Galeria Door.
Doreen Timmers (Proprietária da Galerie Door) a usar V.O.C. de Theo Smeets,. Fotografia: Manuel Ocaña. Cortesia Theo Smeets.
Doreen Timmers (Proprietária da Galerie Door) a usar V.O.C. de Theo Smeets,. Fotografia: Manuel Ocaña. Cortesia Theo Smeets.
Galerie Door: Primavera 2019, exposição de Tatjana Giorgadse, Taehee Inn, Typhaine le Monnier e Arash Fakhim. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Door.
Galerie Door: Primavera 2019, exposição de Tatjana Giorgadse, Taehee Inn, Typhaine le Monnier e Arash Fakhim. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Door.
Galerie Door: Primavera 2018, exposição 'Wood for thought' Mielle Harvey e Kun Zhang. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Door.
Galerie Door: Primavera 2018, exposição 'Wood for thought' Mielle Harvey e Kun Zhang. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Door.
Galerie Specktrum. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Spectrum.
Galerie Specktrum. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Spectrum.
Galerie Spektrum: Exposição com Andrea Wagner. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Spektrum.
Galerie Spektrum: Exposição com Andrea Wagner. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Spektrum.
Galerie Spektrum: «"On the train" interim projects». Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Spektrum.
Galerie Spektrum: «"On the train" interim projects». Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Spektrum.
Logótipo © Galerie Viceversa. Cortesia Galerie Viceversa.
Logótipo © Galerie Viceversa. Cortesia Galerie Viceversa.
Galerie Viceversa: Ilona Schwippel e Christian Balmer. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Viceversa.
Galerie Viceversa: Ilona Schwippel e Christian Balmer. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Viceversa.
Galerie Viceversa. Vista geral. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Viceversa.
Galerie Viceversa. Vista geral. Fotografia: Direitos reservados. Cortesia Galerie Viceversa.
STET — livros & fotografias. Logótipo. Cortesia STET — livros & fotografias.
STET — livros & fotografias. Logótipo. Cortesia STET — livros & fotografias.
Anonymous Art Project: Logótipo. Cortesia Anonymous Art Project.
Anonymous Art Project: Logótipo. Cortesia Anonymous Art Project.
STET — livros & fotografias: Vista geral em Alvalade, Lisboa. Foto e cortesia STET — livros & fotografias.
STET — livros & fotografias: Vista geral em Alvalade, Lisboa. Foto e cortesia STET — livros & fotografias.
STET — livros & fotografias: Vista geral em Alvalade, Lisboa. Foto e cortesia STET — livros & fotografias.
STET — livros & fotografias: Vista geral em Alvalade, Lisboa. Foto e cortesia STET — livros & fotografias.
Logótipo Tincal Lab. Cortesia Tincal Lab
Logótipo Tincal Lab. Cortesia Tincal Lab
Tincal Lab. Fotografia e Cortesia Tincal Lab
Tincal Lab. Fotografia e Cortesia Tincal Lab
Ana Pina. Fotografia e Cortesia Tincal Lab
Ana Pina. Fotografia e Cortesia Tincal Lab
previous arrow
next arrow
            JEWELLERY ROOM
 
JEWELLERY ROOM
Curadoria de Marta Costa Reis
17 de setembro, sexta
 
Visita privada
14h–15h
 
Abertura ao publico
15h–19h
 
18 de setembro, sábado
14h–19h
 
19 de setembro, domingo
11h–17h
 
 
ARTIST TALK
Moderação de Marta Costa Reis
18 de setembro, sábado
 
Objectos que guardamos
Ana Carolina Escobar, Marion Delarue e Pedro Sequeira
16h–17h30
 
Medos e amuletos
Ruudt Peters (NL), Patricia Domingues e Tanel Veenre (EE)
17h30- 19h
 
Galeria de Arte Moderna e Auditório
De 17 a 19 de setembro
 
O conceito do Jewellery Room é o de reunir galerias de joalharia contemporânea, completando o programa expositivo da Bienal e permitindo ao público ver de perto e comprar peças de alguns dos melhores artistas contemporâneos. Lisboa tem galerias de joalharia contemporânea há mais de trinta anos e um público pequeno mas fiel e conhecedor, acrescido em anos recentes pelos numerosos estrangeiros que fizeram de Portugal a sua residência permanente. Um grupo escolhido de galerias internacionais será acompanhado de duas galerias portuguesas — uma delas em estreia absoluta —, uma livraria, um projeto experimental e conversas com artistas.
GALERIA ALICE FLORIANO inaugurou em 2015, com o propósito de disseminar e promover a joalharia contemporânea como movimento artístico e expressão cultural, na cidade de Porto Alegre, Brasil. A artista joalheira e galerista Alice Floriano apresenta artistas consagrados e novos talentos do cenário mundial, dando assim espaço e visibilidade para quem está no início da carreira, mas já apresenta um trabalho consistente e promissor. A partir de 2017/2018, além da galeria permanente, em Porto Alegre, passou a atuar de forma pontual e itinerante em São Paulo, Rio de Janeiro, e em outras cidades brasileiras, ampliando as oportunidades de acesso ao público a esta arte portátil extraordinária ainda pouco difundida no Brasil. A galeria representa, atualmente, cerca de cinquenta artistas joalheiros e seleciona regularmente novos nomes para integrar o seu catálogo. Em 2019, a galeria participou na primeira edição da Milan Jewelry Week. Ao longo do ano de 2020, atuou de forma ativa, inserindo nas suas atividades ações sociais e educativas, e participou na Athens Jewelry Week. Alice Floriano
GALERIE BEYOND — especializada em joalharia contemporânea — está sediada em Antuérpia desde o ano 2000 e representa artistas belgas e internacionais empenhados em desenvolver joalharia artística assente em peças únicas e em comunicar a inspiração ou livre expressão do artista. A covid-19 forçou-nos a repensar a nossa estratégia e reorganizámos o nosso espaço como galeria-em-desenvolvimento. Estamos concentrados em apresentações que sejam instalações em processo e mutação, paralelamente a exposições mais estáticas como as que relançámos recentemente sob o título «Mesa para dois», uma série de pequenas exposições em duo com trabalho dos nossos artistas permanentes. Para mantermos a ligação com os clientes e com nosso público no mundo inteiro queremos estar mais presentes no mundo virtual e enviamos newsletters regulares que apresentam uma cuidada seleção dos trabalhos mais recentes. O nosso website está a tornar-se, gradualmente, um arquivo da galeria e um tributo aos artistas que representa. As instalações e exposições na galeria mudam regularmente em cooperação com talentos promissores ou já confirmados e são uma inspiradora seleção de joalharia artística, de objetos e de imagens. Colecione joalharia artística e objetos artísticos com o coração e de forma consciente! Karin De Buysere e René Darmont.
GALERIE DOOR fundada em 2017, em Nijmegen, Países Baixos, exibe joalharia contemporânea e artes plásticas de artistas e designers (inter)nacionais, tanto jovens talentos e recém-graduados como nomes já estabelecidos: Phillip Sajet, Jutta Kallfelz, Idiots (Afke Golsteij, Floris Bakker) e Typhaine Le Monnier. Doreen Timmers, a fundadora, formada em história de arte, procura  constantemente peças de arte experimentais e conceptuais. As obras exibidas são estimulantes, uma alegria para os olhos e uma provocação para o cérebro, algumas pela sua franqueza, outras pela originalidade das histórias e outras pela poesia e humor que transmitem. O que todas partilham é, de facto, a qualidade técnica. Aqui, pode encontrar alfinetes, desenhos, colares, pinturas, anéis na fronteira entre as artes plásticas e as artes aplicadas. Doreen Timmers
GALERIE SPEKTRUM foi fundada por Marianne Schliwinski e Jürgen Eickhoff, em 1981, com a joalharia contemporânea como principal interesse, mas mostrando também fotografia, desenho, escultura, pintura e instalação. É a mais antiga galeria de joalharia contemporânea ainda em funcionamento na Alemanha.
Para além do trabalho de galerista, a Spektrum também edita publicações desde 1982, sobretudo sobre temáticas de joalharia contemporânea. Até à data, já foram editados mais de sessenta títulos. A galeria organizou e fez a curadoria de várias exposições itinerantes tais como «Gerd Rothmann – Ohrschmuck» (1984), em Zurique (Suiça), Darmstadt (Alemanha) e Arnhem (Holanda); «Affenliebe, Hexenbesenbesen und Samurai» (1986), na Bélgica, na Holanda e na Alemanha; «Was Ihr Wollt» (1993), fotografia e joalharia, no Badische Landesmuseum, Karlsruhe, na Alemanha; «Transit 20 contemporary jewellery from Israel», no Schmuckmuseum, em Pforzheim, no Deitsches Goldschmiedeaus, em Hanau, na Villa Bengel, em Idar-Oberstein e no Bayerischer Kunstgewerbeverein, em Munique.
GALERIE VICEVERSA de Ilona Schwippel e Christian Balmer funcionou, durante vinte anos, nos edifícios das antigas bilheteiras dos caminhos-de-ferro suíços e apresenta-se como um convite a embarcar no comboio da joia contemporânea, com idas e regressos a horizontes múltiplos, à pluralidade das abordagens dos criadores que são apresentados e transmitem o gosto das diversas faces da joalharia de autor contemporânea. Algumas marcas de relógios e de joalharia, escolhidas pelas suas qualidades estéticas e técnicas, completam este universo. Ilona Schwippel e Christian Balmer
STET — livros & fotografias é uma associação cultural que tem como base uma livraria especializada em livros e fotografias, edições de autor, livros de artista e teoria da imagem. Este projecto nasce como uma plataforma crítica de discussão e divulgação de livros e fotografias, promovendo a circulação de publicações de artistas nacionais e importando livros de editoras internacionais. Temos edições independentes e outras clássicas, edições de autor e livros de artista, umas acessíveis outras mais caras, especiais ou bizarras. Com tiragens limitadas, novidades e raridades, em formato de livro e prova fotográfica. Fazemos regularmente eventos dentro e fora do nosso espaço, debates, apresentações de livros, organizamos e participamos em feiras de edições nacionais e internacionais.
+
Anonymous Art Project é um coletivo que começou, em 2019, com o levantamento de um campo de obras «de Arte» nos baldios de Pitões das Júnias, daí ramificou para as publicações, a música, a fotografia, o documentário e agora a joalharia contemporânea. O projeto de joalharia, assim como o todo, tem que ver com o uso das coisas simples que nos estão próximas, dando-lhes o relevo de coisa preciosa/bela. Estamos a usar pedras sem valor comercial, apanhadas por nós no chão deste país, e a apresentá-las como preciosas. Agora a nossa proposta é com pedras «parideiras», mas seguem-se outras, o título: Joias de Pobre.
TINCAL LAB é um espaço de atelier e loja de joalharia contemporânea fundado pela joalheira portuguesa Ana Pina. Abriu as suas portas, em junho de 2015, num segundo andar da Rua de Cedofeita, na baixa do Porto. No final de 2018, encontrou uma nova casa no coração do Quarteirão das Artes: CCBombarda, loja 25. Sob o mote «curadoria e experimentação em joalharia contemporânea» são lançadas regularmente colaborações e eventos que ajudam a promover e dinamizar esta área criativa tão rica, como workshops com joalheiros convidados, exposições individuais e coletivas, por artistas locais e internacionais. Destaque para o «Desafio Tincal lab», um evento anual que, desde 2015, reúne trabalhos exclusivos de cerca de cinquenta joalheiros internacionais numa exposição temática coletiva de características únicas. Ana Pina